Revista #3 Março 2021 – Budismo, uma resposta ao sofrimento

A 29 de Março de 2021 lançamos mais um número da revista Budismo, uma resposta ao sofrimento, cujo tema central é a Compaixão.

Será a compaixão uma moda?

Talvez sim, ou talvez haja realmente uma atenção muito especial ao desejo pelo alívio do sofrimento. Neste número aproximamo-nos do tema da compaixão pela perspetiva de várias pessoas budistas e não budistas. Não só pela ideia que têm, mas também pela ação que praticam.

Vamos conhecer um pouco melhor o projeto das Cidades Compassivas, desejando criar sementes para que mais surjam e criem uma rede de compaixão e cuidado em todo o país, assim como incentivar o apoio à CASA e aos sem-abrigo, numa entrevista a Soraia Tender.

Ainda no tema da compaixão, Frank Arjava Petter, André A. Pais e Michele Scheidt partilham perspetivas sentidas sobre o nosso tema central deste trimestre.

Tenho ainda o imenso gosto de partilhar a entrevista a Pamela Ayo Yetunde que tão prontamente e em cima de lançar o Black & Buddhist Summit, nos mostra o trabalho, opiniões e vivências de budistas Afroamericanos. Passando mais a oriente, um artigo do prof. Gary Daubney sobre os 10 deveres de um rei. Continuando na tradição Theravada, Alexandre Seguro fala sobre “A Mentoria para a paz”, deixando ainda alguns testemunhos de participantes do MMI. Finalmente, voltamos ao Japão para mais um artigo da jovem youtuber Ryo, com mais uma perspetiva cultural sobre os jovens e o Budismo.

Regressando a Portugal, temos a poesia inspiradora de Manuel Toei Simões, com a subtileza profunda do (Za)Zen, a quem só posso agradecer colocando as mãos em Gassho.

Contamos também com os livros Não é para a felicidade, de Dzongsar Jamyang Khyentse pela Editora Padmakara e A alegria de viver de Yongey Mingyur Rinpoche pela Editora Temas & Debates.

Mais uma vez, um muito obrigado à Rafaela Brito, pelo excelente artigo sobre o Dalai Lama, assim como a todos aqueles que contribuíram para a realização desta revista.

No budismo aprendemos que nada surge por si… esta revista é a prova dessa realidade. Um muito obrigado e que os méritos preencham a vossa vida de saúde, equanimidade e compaixão.

Nota editorial: Os artigos são da responsabilidade dos seus autores que se autopropõem ou são convidados a escrever para a revista. Não divulgamos a lista de autores antes da edição ser publicada, mantendo assim independência e perspetivas abertas. Os livros são escolha nossa, não recebemos livros ou pedimos que enviem, as editoras são contactadas com o pedido de permissão de divulgação e referências que possam ser publicadas.

Desejamos-te boas leituras e serenidade em tempos tão exigentes.

Tags: